Mapa do Site

Notícias

Complexo combina hotéis com centro de convenções de 55 mil m2

Um complexo corporativo e hoteleiro, de 110 mil m2 de área construída, deve movimentar os negócios da região metropolitana de Campinas (SP) a partir do segundo semestre de 2018, quando estiver inteiramente pronto e ativo. O Royal Campinas - Convention Business & Hotels se constitui de um centro de convenções (com auditório para 4,5 mil pessoas), um hotel de categoria quatro estrelas (com 226 quartos), um hotel de categoria três estrelas (com 310 acomodações), três torres comerciais (duas corporativas, com 34 salas cada; e uma de escritórios menores, com 143 unidades) e um mall (com 54 lojas, incluindo praça de alimentação).

O empreendimento se situa em Campinas, contíguo à Rodovia Anhanguera (SP-330, essencial via de ligação entre São Paulo e a região de Campinas) e à Rodovia Santos Dumont (SP-075, que leva ao Aeroporto Internacional de Viracopos/Campinas, um dos mais importantes do País) e, portanto, tem localização estratégica. O Royal Campinas é uma associação do grupo Royal Palm Hotels & Resorts, de Campinas, e da Odebrecht Realizações Imobiliárias, com valor geral de vendas estimado em R$ 500 milhões. Os números do investimento não foram divulgados.

As obras se iniciaram no último dia 11 de maio, com cerimônia oficial reunindo proprietários, autoridades locais e convidados. As obras começaram pelo edifício do centro de convenções, mas englobarão, simultaneamente, as demais instalações do complexo. A previsão é de que todo o projeto civil evolua num mesmo ritmo e esteja pronto no primeiro semestre de 2018, para receber instalações complementares e abrir portas no segundo semestre. O pico das obras deverá empregar 700 trabalhadores diretos.


Fonte: Revista O Empreiteiro - 16 de junho de 2015