Mapa do Site

Notícias

Chinesa CEIEC vai construir base brasileira na Antártica.

A chinesa CEIEC venceu a licitação para a construção da estação científica Comandante Ferraz, na Antártica, por US$ 99,662 milhões (cerca de R$ 302 milhões). O resultado foi publicado no  Diário Oficial de terça-feira (19/05). Segundo a Marinha, a proposta da empresa chinesa apresentou o menor  preço e foi considerada a mais vantajosa para a administração pública, informa o jornal O Estado de S.Paulo.

O responsável pelo Programa Antártico Brasileiro (Proantar), almirante Marcos Silva Rodrigues, disse ao Estado que, se não houver nova demanda judicial, até o fim do mês a Marinha assinará o contrato com a vencedora para iniciar a construção dos módulos. Em outubro, será lançada a pedra fundamental do prédio.

Rodrigues explicou, ainda, que o contrato prevê que a estação esteja pronta em 540 dias de construção e montagem, ou em março de 2017, considerando dois verões. “Mas fatos supervenientes poderão atrasar a instalação da base, como problemas atmosféricos ou climatológicos. O maior inimigo é o vento.”

Após o incêndio que destruiu a base brasileira na Antártica, em 25 de fevereiro de 2012, a Marinha lançou concurso para a escolha do projeto executivo da nova estação. No fim de 2013, publicou o primeiro edital, somente para empresas brasileiras, que não teve interessados. No ano passado, a Marinha fez uma nova licitação, aberta a empresas estrangeiras, vencida pela CEIEC.


 

Fonte: Revista O Empreiteiro - 
26 de maio de 2015